Reunião neutra em carbono do grupo para a revisão da ISO 14001

  • 0
ISO 14001 Revisão

Reunião neutra em carbono do grupo para a revisão da ISO 14001

Tags : 

O grupo de trabalho ISO que está a rever a norma de gestão ambiental ISO 14001 deu o exemplo na sua última reunião em Tóquio, Japão, entre os dias 2 e 7 de Fevereiro de 2015, compensando as suas emissões de carbono através da utilização da ISO 14064 para a quantificação, reporte e monitorização dos gases de efeito de estufa. O que descobriram quando tiveram de implementar os seus próprios referenciais? O Comité de Organização da reunião do WG5 em Tóquio diz-nos mais.
De onde veio a ideia de compensar as emissões de gases de efeito de estufa?
Sabíamos desde o início que queríamos organizar uma reunião amiga do ambiente. Como resultado, a ideia de compensar as emissões de carbono veio bastante naturalmente de um dos nossos organizadores. Teve particular significado para nós porque, não só era bom para o ambiente, como nos deu a oportunidade única de pôr em prática o que defendemos, utilizando as nossas próprias normas!
E o que foi preciso?
Bem, primeiro tivemos de organizar uma equipa de projeto incluindo os organizadores da reunião de Tóquio. Para isto contámos com o apoio do Ministro da Economia, Comércio e Indústria (METI) do Japão e uma empresa de consultoria. O evento em si foi acolhido pela Associação de Normalização Japonesa (JSA) e a Universidade de Tóquio.

O primeiro passo visava estabelecer limites, isto é, determinar o âmbito das compensações de modo a estar alinhado com a ISO 14064-1. Aqui decidimos cobrir o consumo de electricidade no recinto bem como as viagens para, de e durante o evento de todos os participantes.
O passo seguinte foi o de calcular as emissões previstas de CO2.

Finalmente, o último passo foi decidir que créditos comprar para a compensação. Nesta ocasião, optámos por créditos que iriam contribuir para a recuperação da área danificada pelo grande terramoto de 2011, que resultou num tsunami devastador.

Outra razão para optarmos por estes créditos foi devido ao facto de estes estarem sob o J-Credit Scheme – operado pelo governo Japonês – que é baseado na ISO 14064-2, ISO 14064-3 e ISO 14065 para acreditação e organismos de inspeção. Foi importante para o grupo de trabalho usarmos as nossas normas!
Quais foram os benefícios?
Ficámos todos muitos orgulhosos por compensar o nosso impacte no ambiente. Também foi fundamental para nós que os benefícios da iniciativa fossem para o país anfitrião e, claro, que tivessemos contribuído para a recuperação de um enorme desastre como o do grande terramoto japonês. Esperamos que esta iniciativa inspire outros a seguir o mesmo caminho.
A revisão da ISO 14001 segue em frente

Os especialistas que estão a rever a ISO 14001, norma de sistemas de gestão ambiental, reuniram em Tóquio, em Fevereiro de 2015 para rever mais de 1400 comentários recebidos durante a prévia consulta pública (DIS) e produzir o rascunho final da norma internacional (FDIS). Os participantes fizeram um bom progresso e o FDIS será terminado na próxima reunião do grupo em Londres, em Abril de 2015, que será acolhido pelo membro ISO do Reino Unido, que tem o secretariado deste subcomité. O FDIS será, então, submetido a votos e a norma será publicado após aprovação. A nova versão é esperada para o final de 2015.
Saiba mais sobre a revisão da ISO 14001.
16.03.2015

Fonte: iso.org


Categorias

Pretende fazer a transição para a ISO 9001:2015?