A inovação não consiste somente em ter algumas ideias brilhantes. Envolve criar valor e ajudar as organizações a adaptarem-se e a evoluírem continuamente. A ISO está a desenvolver uma nova série de Normas Internacionais sobre gestão da inovação, sendo que a terceira já foi publicada.

A inovação é um contributo com cada vez mais importância para o sucesso de uma organização, aumentando a sua capacidade de adaptação num mundo em mudança. Ideias novas e inovadoras dão origem a melhores formas de trabalhar, assim como a novas soluções para gerar lucro e aumentar a sustentabilidade. Está ligada diretamente à resiliência de uma organização, na medida em que a ajuda a compreender e a responder a contextos desafiantes, a aproveitar as oportunidades que podem trazer e a equilibrar a criatividade dos seus recursos com a dos seus clientes.

Recentemente, as grandes ideias e novas invenções são frequentemente o resultado de uma longa série de pequenos pensamentos e mudanças, todos capturados e dirigidos da forma mais eficaz. Uma das formas mais eficazes de fazer isso é através da implementação de um sistema de gestão da inovação.

Um sistema de gestão da inovação fornece uma abordagem sistémica à integração da inovação nas várias camadas da organização, de forma a aproveitar e criar oportunidades para o desenvolvimento de novas soluções, sistemas, produtos e serviços. A primeira Norma Internacional para esses sistemas foi agora publicada.

A ISO 56002, Gestão da inovação – Sistema de gestão da inovação – Orientações, abrange todos os aspetos da gestão da inovação, desde como gerar as primeiras centelhas de uma ideia, até à venda de algo novo no mercado. Considera o contexto em que uma organização está a trabalhar, a cultura, a estratégia, os processos e o impacto. Atravessa vários tipos de atividades incluindo produtos e serviços, modelos de negócio, inovação organizacional e muito mais, sendo aplicável a qualquer organização, independentemente da sua dimensão ou tipo.

Alice de Casanove, Diretora do comité técnico ISO que desenvolveu a norma, disse que a ISO 56002 irá ajudar as organizações a aumentar as oportunidades de negócio e a sua performance numa variedade de maneiras:

“Cada organização que quer controlar o seu futuro necessita de incorporar alguns aspetos da gestão da inovação. Isto é, necessita de evoluir e adaptar-se para acompanhar o mercado e as tendências sociais,” disse ela.

“O desafio é identificar o que lhes dará vantagem competitiva e criará valor para o futuro, decidindo assim que ações estratégicas devem ser tomadas. Ao fornecer orientação sobre como melhor capturar as suas ideias, como testá-las efetivamente e como gerir os riscos e oportunidades associados, a ISO 56002 pode ajudar as organizações a criar novas propostas de valor e a maximizar o seu potencial de uma forma estruturada.”

A ISO 56002 também pode ajudar a criar uma cultura de inovação numa organização, adicionou Casanove, dominando assim a criatividade e a motivação de cada membro da organização e, em última análise, melhorando a colaboração, comunicação e performance da empresa.

A ISO 56002 complementa outros dois documentos da série que foram recentemente publicados, a ISO 56003, Gestão da inovação – Ferramentas e métodos para parceiras na inovação – Orientações, e a ISO/TR 56004, Avaliação da gestão da inovação – Orientações.

Futuras adições a esta série incluirão:

  • ISO 56000, Gestão da inovação – Fundamentos e vocabulário
  • ISO 56005, Gestão da inovação – Ferramentas e métodos para gestão da propriedade intelectual – Orientações
  • ISO 56006, Gestão da inovação – Gestão de inteligência estratégica – Orientações
  • ISO 56007, Gestão da Inovação – Gestão de ideias

O comité técnico também tem estado a trabalhar em proximidade com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), a World Intellectual Property Organization (WIPO), a Organização Mundial de Comércio (OMC) e o Banco Mundial no desenvolvimento desta série de normas.

A ISO 56002 foi desenvolvida pelo ISO/TC 279Gestão da inovação, cujo secretariado é detido pela AFNOR, membro ISO para França. Todas a normas nesta série podem ser adquiridas a partir do seu membro ISO nacional ou através da Loja ISO.

 

30.07.2019
Fonte: iso.org