Implementar um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) baseado na ISO 14001 pode parecer um enorme desafio, mas isso não significa que seja uma tarefa reservada exclusivamente para os grandes intervenientes no mercado. A chave está em dividir a implementação em fases. Um documento de orientação, que foi recentemente revisto e publicado, ajuda os negócios de todas os tipos e dimensões a implementar um SGA da forma mais adaptada às suas necessidades – e a colher os benefícios ao longo de todo o percurso.

O ambiente está a mudar rapidamente e os negócios necessitam de manter-se atualizados sobre o impacto que isto tem sobre eles, de modo a conseguirem sobreviver – e florescer. Um Sistema de Gestão Ambiental baseado na ISO 14001 ajuda as organizações a gerir eficazmente os riscos e a capitalizar as oportunidades que o nosso mundo em mudança oferece. Implementar um SGA traz consigo um conjunto de benefícios tais como uma utilização mais eficiente dos recursos naturais e da energia, melhoria do cumprimento dos requisitos legais e melhores relações com os clientes.

Melhorar o desempenho ambiental é uma tarefa que se torna mais fácil quando estão implementados sistemas formais. Contudo, as Pequenas e Médias Empresas (PME) são frequentemente confrontadas com dificuldades na implementação de um SGA, fruto dos menores recursos humanos e financeiros que possuem.

A ISO 14005, Sistemas de gestão ambiental – Diretrizes para uma abordagem flexível à implementação faseada, providencia às PME os meios necessários para superar as dificuldades ao permitir-lhes que cumpram os requisitos de um SGA de um modo faseado, flexível e adaptado às suas necessidades específicas. Permite-lhes começar a beneficiar desde o início enquanto que, simultaneamente, cumprem os requisitos da norma ISO 14001. A norma foi agora revista para garantir que está atualizada e que continua a ir ao encontro das necessidades do mercado. Marti

n Baxter, Diretor do subcomité ISO que desenvolveu a norma, disse que a ISO 14005 permite às empresas medir com facilidade o valor do seu negócio e os benefícios que retirarão da implementação de um SGA, garantindo que obtêm retorno a partir do seu investimento.

“Há muitas vantagens em assumir uma abordagem faseada”, disse ele.

“As empresas podem começar com projetos específicos que são mais relevantes ou urgentes, tais como melhorar a eficiência energética ou a produtividade dos recursos. Quando souberem que estes projetos estão a trazer sucesso ao negócio, podem construir o seu sistema consoante vão emergindo as necessidades, incorporando os requisitos ambientais dos clientes ou envolvendo mais funcionários na melhoria da performance ambiental para, eventualmente, cumprirem todos os requisitos do SGA”.

A ISO 14005 foi desenvolvida pelo comité técnico ISO/TC 207, Gestão Ambiental, subcomité SC 1, Sistemas de gestão ambiental, cujo secretariado é detido pela BSI, membro ISO para o Reino Unido. Pode ser adquirida a partir do seu membro ISO nacional ou através da Loja ISO.

 

19.06.2019
Fonte: iso.org