Enquanto que certas áreas do mundo são ricas em água potável, outras enfrentam difíceis períodos de seca. Mais ainda, apenas uma fração da água doce mundial está disponível para consumo humano, já que o restante está no mar ou congelado em glaciares ou campos de neve. Com a crescente pressão colocada pela população mundial sobre este recurso escasso, ser mais eficiente na utilização daquilo a que temos acesso é a única solução. Uma nova Norma Internacional foi agora publicada para ajudar.

A água está a transformar-se num recurso escasso em muitas partes do mundo. As razões são diversas, com as alterações climáticas a terem um peso particularmente grande. Outros fatores importantes incluem o consumo humano e o crescimento de métodos de manufatura e agricultura que fazem uma utilização intensiva da água. De acordo com as Nações Unidas, nos últimos 100 anos, a utilização da água à escala global aumentou em mais do dobro relativamente à população mundial, significando que, até 2030, 700 milhões de pessoas podem ser obrigadas a deslocar-se devido à falta de água.

Porque não podemos produzir mais, a única solução é ser mais eficiente com aquilo que temos.

A recém-publicada ISO 46001, Sistemas de gestão de eficiência hídrica – Requisitos com orientação para o seu uso, pretende ajudar as organizações de qualquer dimensão ou estatuto a serem mais eficazes na gestão da água.

Através de uma estrutura clara e de orientação sobre gestão de eficiência hídrica, a ISO 46001 fornece métodos e ferramentas para avaliar e contabilizar o consumo da água, assim como formas de identificar e implementar medidas para otimizar a utilização da água. Desta forma, os utilizadores da norma irão contribuir diretamente para o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas nº 6 (água limpa e saneamento), que pretende “garantir a gestão da disponibilidade e sustentabilidade da água e saneamento para todos”. Aborda especificamente o Objetivo 6.4: “Até 2030, aumentar substancialmente a eficiência da utilização da água em todos os setores, garantir uma extração sustentada e o fornecimento de água doce para enfrentar a escassez de água, e reduzir substancialmente o número de pessoas afetadas pela escassez de água.”

A ISO 46001 foi inspirada pelo trabalho efetuado para desenvolver uma norma nacional em Singapura, uma das primeiras do seu tipo no mundo, que ajudou organizações a beneficiarem de um sistema de gestão de eficiência hídrica.

Wai Cheng Wong, Engenheira-Chefe do departamento de Redes de Fornecimento de Água da PUB, agência nacional de águas de Singapura, é a Coordenadora do grupo de trabalho que desenvolveu a norma ISO 46001 e também trabalhou na norma SS 577 em Singapura. Comentou: “Sendo um dos países com maior pressão sobre os seus recursos hídricos, gerir a utilização industrial da água foi uma prioridade para Singapura, dado que a maioria da procura deste recurso vem do setor não doméstico, prevendo-se que aumente ainda mais. Assim, acreditamos que a norma ISO 46001 será uma ferramenta importante para todas as organizações em qualquer ponto do mundo, trazendo maior eficiência hídrica e poupanças na sua operação.”

A ISO 46001 foi desenvolvida pelo grupo de trabalho WG 12, Gestão da eficiência da água, do comité técnico ISO/TC 224, Atividades de serviços relacionadas com o fornecimento de água potável, águas residuais e sistemas de águas pluviais, cujo secretariado é detido pela AFNOR, membro ISO em França. Está disponível a partir do seu membro ISO nacional ou através da Loja ISO.

 

07.08.2019
Fonte: iso.org