A resiliência organizacional é a capacidade de uma organização em absorver e adaptar-se a um ambiente em mudança, permitindo-lhe alcançar os seus objetivos, sobreviver e prosperar. Organizações mais resilientes podem conseguem antecipar e responder eficazmente a ameaças e oportunidades, originadas por alterações/mudanças repentinas ou graduais no seu contexto interno e externo. Elevar a resiliência organizacional torna-se assim um objetivo estratégico para as organizações, resultante da implementação de boas práticas de gestão e de um eficiente controlo de riscos.

“Comprometer-se com o reforço da resiliência organizacional contribui para uma melhor capacidade de antecipar e enfrentar riscos e vulnerabilidades, uma maior coordenação e integração das disciplinas de gestão, e uma compreensão mais aprofundada das partes interessadas e das dependências que sustentam metas e objetivos estratégicos.”

A resiliência de uma organização é influenciada por uma interação e combinação única de fatores estratégicos e operacionais. As organizações só podem ser mais ou menos resilientes, não existe uma medida absoluta ou um objetivo definitivo.

Um compromisso com o aumento da resiliência organizacional contribui para:

  • Uma maior capacidade de antecipar e abordar riscos e vulnerabilidades;
  • Maior coordenação e integração das disciplinas de gestão para melhorar a coerência e o desempenho;
  • Uma maior compreensão das partes interessadas e das dependências que apoiam as metas e objetivos estratégicos.

Não existe uma abordagem única para fortalecer a resiliência de uma organização. Embora existem disciplinas de gestão estabelecidas que contribuem para a resiliência, estas, por si só, não são suficientes para assegurar a resiliência de uma organização. Pelo contrário, a resiliência organizacional é o resultado da interação entre atributos e atividades, com contribuições provenientes de outras áreas técnicas e científicas especializadas. Estas contribuições são influenciadas pela abordagem à, pela forma como as decisões são tomadas e implementadas, e pela colaboração entre as pessoas.

Precisamos de resiliência organizacional?

A necessidade de resiliência organizacional é evidente em qualquer tipo de organização, sendo difícil imaginar uma que não beneficiaria da implementação de uma abordagem estruturada para fortalecer essa resiliência. Num ambiente organizacional altamente competitivo, cultivar este pilar torna-se fundamental para o sucesso sustentável.

Em suma, uma organização deve identificar e implementar as suas disciplinas de gestão chave, como a segurança da informação em conformidade com a norma ISO/IEC 27001, estabelecendo assim a base para construir a resiliência organizacional.

Fonte: https://www.iso.org/