A BMW desenvolve carros amigos do ambiente com o auxílio das normas ISO

  • 0
img_ref1864_01

A BMW desenvolve carros amigos do ambiente com o auxílio das normas ISO

Tags : 

img_ref1864_01

Finalmente um carro amigo do ambiente! Com o carro elétrico BMW i3, o fabricante automóvel alemão BMW, teve sucesso e trouxe para o mercado automóvel o primeiro carro com zero emissões.

O novo carro, BMW i3, chamou a atenção do mercado europeu ao circular nas estradas em 2013, deixando uma pegada ambiental completamente limpa.

Os resultados mostram que o novo veículo elétrico emite, em todo o seu ciclo de vida, menos 30% a 50% de gases de efeito de estufa, do que os veículos convencionais equivalentes. Na verdade, estes números têm deixado desde então os beneficiários orgulhosos, devido aos prestigiados prémios internacionais que têm recebido na indústria automóvel – especialmente o projeto World Car Design of the Year Award 2014 e o prémio World Green Car Award 2014 – adquirido no New York International Auto Show em abril deste ano.

Para cumprir a sua visão ambiciosa totalmente verde, a BMW Group optou pela avaliação da análise do ciclo de vida (ACV) em todo ciclo de vida do veículo, permitindo-lhe obter a certificação das normas ISO 14040 e ISO 14044. A ISOfocus tentou perceber como é que a equipa de produtos sustentáveis da BMW responsável por liderar o projeto, está a reivindicar a mobilidade automóvel.

ISOfocus: O BMW i3 é um carro revolucionário para a condução na cidade. Pode-nos contar como a BMW i mobility concept nasceu?

Departamento de sustentabilidade de produção da BMW: O BMW i e o BMW i3 foram concebidos fora da iniciativa “projeto i”, uma iniciativa criada para desenvolver soluções de mobilidade sustentável e com o objetivo de redefinir a produção dos veículos.

Construir um carro visionário tem custos elevados de investimento. Como começaram?

Na realidade, para desenvolver o BMW i3 – a primeira linha de produção de carros de emissão zero da BMW- tínhamos de analisar todo o ciclo de vida do veículo. Nesse sentido realizou-se a análise do ciclo de vida em todas as fases do ciclo de vida do produto, com o intuito de determinar todos os aspetos ambientais. Para tal recorremos à norma ISO 14040 e ISO 14044 para nos ajudar a monitorizar e atingir as metas definidas.

Como desenvolveram o estudo da análise do ciclo de vida?

A análise do ciclo de vida foi realizada utilizando um software, designado product sustainability software GaBi©, para nos ajudar a reunir os dados do inventário da análise do ciclo de vida e obter um feedback durante a fase de utilização do veículo.

Quais foram os principais benefícios da análise do ciclo de vida durante todo o processo de produção?

A análise do ciclo de vida serviu como uma ferramenta de monitorização e tomada de decisão para a implementação de medidas de melhoria do desempenho ambiental.

Os resultados obtidos permitem afirmar que, em comparação com os veículos convencionais semelhantes, o BMW i3, que já se encontra no mercado, tem um Potencial de Aquecimento Global (GWP), ao longo de todo o seu ciclo de vida, de pelo menos um terço mais baixo se for alimentado com eletricidade mista da UE e de menos 50% se for alimentado com energia renovável.

Optaram por uma certificação por uma entidade externa. Qual a sua importância?

Ser certificado pela norma ISO 14044 foi um passo vital para garantir a validade científica e técnica dos resultados obtidos na análise do ciclo de vida e para garantir a transparência e coerência do relatório apresentado.

Alguma dica para empresas que pensem realizar a análise do ciclo de vida?

Realizar a análise do ciclo de vida de um produto desde o berço até ao túmulo, é por definição um grande projeto. Assim sendo, é necessário trabalhar de forma metódica para análise e execução dos dados, para além disso é necessário ter tempo pois é um processo moroso, podendo ainda ser necessário contar com o auxílio de consultores externos para direcionar o estudo.

A entrevista completa está descrita na revista ISO Focus julho/agosto de 2014.

Fonte (texto e imagem): iso.org


Categorias

Pretende fazer a transição para a ISO 9001:2015?