Está em desenvolvimento uma nova norma para a rastreabilidade da madeira a fontes sustentáveis

  • 0
Está em desenvolvimento uma nova norma para a rastreabilidade da madeira a fontes sustentáveis

Está em desenvolvimento uma nova norma para a rastreabilidade da madeira a fontes sustentáveis

Tags : 

A madeira é um dos mais preciosos recursos do mundo e as questões sobre a sua origem têm vindo a aumentar. Em breve, a rastreabilidade da madeira será mais fácil de gerir, graças à norma ISO em desenvolvimento, que atingiu agora um novo e crucial estágio.

O abate de árvores ilegal e desflorestação têm efeitos devastadores no nosso planeta, destruindo a ecologia, aumentando a emissão de gases de efeito de estufa e a deslocação de comunidades. Enquanto a consciência dos consumidores aumenta, também a sua exigência para provas concretas de que os produtos à base de madeira provêm de florestas geridas de forma sustentável.

A nova norma ISO para a rastreabilidade de produtos de madeira, ISO 38001, chegou agora a uma nova fase de consulta, onde os membros ISO envolvidos no seu desenvolvimento têm quatro meses para formar uma posição nacional no rascunho e comentam sobre ela.

O seu desenvolvimento é levado a cabo pelo comité de projeto ISO ISO/PC 287, Chain of custody of wood and wood-based products, cujo secretariado é localizado na ABNT, o membro ISO do Brasil, e co-dirigido pelo DIN, membro ISO da Alemanha.
Dr. Jorge E.R. Cajazeira, presidente do ISO/PC 287, disse que a futura norma irá permitir às organizações a tranquilizar as partes interessadas de que a madeira que utilizam provem de fontes sustentáveis.

“A ISO 38001 não só irá demonstrar que as matérias-primas têm origem em florestas bem geridas, mas também que o produto final pode também ser rastreado através de vários estágios de produção”, explicou. “Esta iniciativa pode também encorajar o uso de madeira rastreável e até a prevenir que madeira de fontes ilegais chegue até à cadeia de suprimento”.
A ISO 38001, Chain of custody of wood and wood-based products – Requirements, deverá ser publicada em Maio de 2017.

10.09.2015
Fonte: iso.org


Categorias

Pretende fazer a transição para a ISO 9001:2015?