Impacte ambiental das alterações climáticas é irreversível

  • 0
11_04

Impacte ambiental das alterações climáticas é irreversível

Tags : 

11_04No futuro, ameaças como inundações, secas, ondas de calor e incêndios vão ser uma constante à medida que as alterações climáticas se agravam. São conclusões do relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, sigla inglesa).

No relatório, os cientistas sublinham que o impacte ambiental do aquecimento global já se sente e vai aumentar com cada grau de temperatura adicional.

É referido que, por um lado, “ninguém no planeta vai escapar aos impactes das alterações climáticas”, mas por outro lado o IPCC indica que os “pobres” poderão ser mais castigados, principalmente as populações que vivem em regiões costeiras.

As áreas que deverão sofrer mais inundações correspondem às regiões tropicais da África, América do Sul e da Ásia, devido ao aumento de tempestades. As regiões em que se verificam constantemente cheias e deslizamento de terras, como o Sudeste do Brasil, podem sofrer consequências significativas devido ao aumento do volume de chuvas.

Previsões de um cenário negro

Após os cinco dias de cimeira, foi divulgado em Yokohama, Japão, o relatório que revela as consequências mais extremas das alterações climáticas.

A segurança Alimentar vai ser afetada e os problemas de saúde vão agravar, o número de mortos nas ondas de calor vai ser superior, bem como os casos de subnutrição.

Na sequência de fenómenos climáticos extremos vai ser cada vez maior o número de pessoas que vão ficar desalojadas.

O aumento de temperatura, ao contribuir para um maior número de pobres, contribuirá também para um aumento do risco de conflitos violentos.

Este relatório prevê que as temperaturas a nível global aumentem entre 0,3 a 4,8 graus ao longo do século. Enquanto que o nível do mar deverá subir entre 26 a 82 centímetros até 2100.

Fonte: visao.sapo.pt

 


Categorias

Pretende fazer a transição para a ISO 9001:2015?