Segurança contra incêndio

  • 0

Segurança contra incêndio

Tags : 

Acabou de ser editado o DNP TS 4513:2018 “Segurança contra incêndio. Requisitos de serviços de comercialização, instalação e manutenção de equipamentos e sistemas de segurança contra incêndio”.

Os equipamentos e sistemas de segurança contra incêndios desempenham um papel fundamental para a segurança das pessoas que utilizam os edifícios e para a preservação do meio ambiente e dos fatores sociais de produção.

A salvaguarda da vida humana e a minimização da probabilidade de ocorrência e propagação do incêndio e das consequências produzidas só é possível quando os equipamentos e sistemas de segurança são corretamente instalados e mantidos em estado de operacionalidade adequado.

O Regime Jurídico de Segurança contra Incêndios em Edifícios (RJ-SCIE) e legislação complementar, designadamente o Registo das Entidades na Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), reconhecem que a comercialização, a instalação e a manutenção são fatores críticos para a segurança dos ocupantes do edifícios.

Neste contexto, o DNP TS 4513:2018 tem como finalidade elevar os níveis de qualidade da prestação de serviço das entidades que operam no mercado face ao que a legislação exige.

Este Documento define um nível superior de exigência face à legislação, no que diz respeito à formação dos técnicos que coordenam as operações de comércio, instalação e manutenção, já que o fator humano tem uma influência preponderante na correta instalação e manutenção e, consequentemente, na adequada operacionalidade dos equipamentos e sistemas de segurança.

O presente Documento permitirá a certificação do serviço de qualquer entidade, independentemente da sua dimensão, contemplando os aspetos críticos para assegurar a qualidade do serviço.

O presente documento normativo foi elaborado no âmbito da CT 46 – “Segurança contra incêndios e símbolos gráficos”, que é coordenada pelo Organismo de Normalização Setorial da Associação Portuguesa de Segurança (APSEI).

 

11.12.2018
Fonte: Newsletter Espaço Q – Edição de Novembro de 2018


Pretende fazer a transição para a ISO 9001:2015?