Tem dúvidas se o seu Sistema de Segurança Alimentar é adequado? Esta nova norma pode ajudar

  • 0
ISO 22004

Tem dúvidas se o seu Sistema de Segurança Alimentar é adequado? Esta nova norma pode ajudar

Tags : 

Como produtor ou regulador, a segurança é uma das suas maiores preocupações. Como pode garantir que o seu Sistema de Gestão de Segurança Alimenta (SGSA) segue as melhores práticas mundiais? Se está à procura de orientação para assegurar a adequação do seu SGSA, a ISO 22004 por ajudar.

O básico
A ISO 22004 é parte da família de normas ISO 22000. A ISO 22000 é a norma internacional para os sistemas de gestão de segurança alimentar. Ao contrário de outros SGSA, a ISO 22000 é única na medida em que providencia um controlo extra dos perigos. A maioria dos SGSA exigem:

  • Planos de pré-requisitos (PPRs)
  • Pontos críticos de controlo (PCCs)

Contudo, para além destes dois, a ISO 22000 adiciona um nível extra de controlo:

  • Planos de pré-requisitos operacionais (PPROs)

 

O que é que tudo isto significa?
Se os acrónimos e terminologia o estão a confundir, irá entender porque é que a ISO 22004 é útil.
A norma mãe, ISO 22000, providencia tudo aquilo que necessita para implementar um SGSA. Segue o mesmo formato que as outras normas de sistemas de gestão da ISO e esta consistência ajuda as empresas a implementas múltiplos sistemas. Contudo, para muitos de nós, seria útil ter um apoio adicional, e é exactamente isto que a ISO 22004 oferece.

 

Qual é a vantagem para si?
A ISO 22004 é uma companheira e um guia para a ISO 22000, e não adiciona nenhum novo requisito. Contudo, uma vez que é um documento guia, entra em maior detalhe e foca-se em áreas que podem necessitar de mais explicação.
De acordo com Claus Heggum, Co-coordenador do grupo de trabalho que desenvolveu esta norma, a ISO 22004 facilita tudo. “Digamos que está a desenvolver um Sistema de controlo alimentar e que está com dificuldades em categorizar as diferentes medidas de controlo que tem ao seu dispor no programa de controlo de perigos”, diz, “a ISO 22004 ajudá-lo-á a diferenciar com facilidade os PPRs, PPROs e PPCs, o que nem sempre é fácil!”
Com a ISO 22004 poderá aprender que medidas típicas de um PPR incluem precauções básicas como lavar as mãos, manter a área de produção limpa e organizada e um plano básico de higienização.

Os PCCs, por outro lado, são a medida de redução de perigo mais importante e eficiente, como um passo de cozedura ou aquecimento para matar bactérias.
Um PPRO é uma medida de segurança entre os dois anteriores, como armazenamento em frio.
“Há muito mais que pode aprender com a ISO 22004, como compreender a diferença entre monitorizar, verificar e validar” diz Claus. “A ISO 22004 irá facilitar o processo de adaptação e aplicação da ISO 22000 aos seus contextos específicos.”

 

É para quem?
A ISO 22004 será útil para qualquer organização na cadeia de abastecimento alimentar que desejem implementar um SGSA baseado na ISO 22000, desde produtores primários até produtores, operadores de transporte e armazenamento, subcontratados até ao retalho (bem como organizações relacionadas, como produtores de equipamento, materiais de embalamento, agentes de limpeza, aditivos e ingredientes). Prestadores de serviços também poderão achar a norma útil.

Quer saber mais? Obtenha a norma no seu corpo de normalização nacional ou na loja ISO.

 

23.03.2015
Fonte: iso.org


Categorias

Pretende fazer a transição para a ISO 9001:2015?