União Europeia luta por ação climática mais ambiciosa

  • 0
União Europeia luta por ação climática mais ambiciosa

União Europeia luta por ação climática mais ambiciosa

Tags : 

Conferência de Bona decorre até 15 de Junho na Alemanha

A União Europeia (UE) luta por uma ação climática mais ambiciosa e por isso está a apresentar a sua contribuição no âmbito das negociações da ONU sobre alterações climáticas que começaram a 4 de junho e decorrem até dia 15 em Bona, na Alemanha.

Esta reunião constitui “uma oportunidade para continuar a progredir no sentido de um acordo global sobre o clima para o período pós-2020, que deverá ser finalizado no próximo ano, bem como para a adoção de medidas destinadas a intensificar a ação internacional em prol do clima no período anterior a 2020”, divulga a Comissão Europeia.

Estas medidas são necessárias para colmatar o desfasamento significativo existente entre os compromissos assumidos pelos países para limitar as emissões de gases com efeito de estufa e as reduções necessárias para manter o aquecimento global abaixo dos dois graus centígrados em comparação com a temperatura existente na era pré-industrial.

A comissária responsável pela ação climática, Connie Hedegaard, defende que é crucial intensificar a ação antes de 2020 tendo em conta que a “UE alcançará e ultrapassará significativamente os objetivos em matéria de emissões que se fixou para o período anterior a 2020 no âmbito do Protocolo de Quioto”.

A UE irá adotar até outubro a sua contribuição para o acordo internacional sobre o clima para o período pós-2020 e a “instar as outras grandes economias a apresentar medidas concretas que demonstrem maior ambição”.

A União Europeia conseguiu quebrar o nexo entre crescimento económico e emissões de gases com efeito de estufa. Entre 1990 e 2012 reduziu as emissões em 19 por cento enquanto a sua economia crescia mais de 44 por cento. Esta redução das emissões por unidade do PIB, para cerca de metade, faz da UE uma das economias mais eficientes do ponto de vista energético do mundo.

A UE está disposta a aumentar de 20 para 30 por cento o seu objetivo oficial de redução das emissões de gases com efeito de estufa até 2020, se outras grandes economias adotarem medidas equivalentes.

Uma das prioridades da UE na reunião de Bona é a realização de progressos no sentido da adoção de uma decisão, na conferência das Nações Unidas sobre o clima, que decorrerá em Lima, em dezembro, sobre medidas concretas para uma ação climática global mais ambiciosa antes de 2020.

Fonte: ambienteonline.pt


Categorias

Pretende fazer a transição para a ISO 9001:2015?